Browse Category by Viagens
Viagens

Presente de Aniversário de Criança: Festa ou Viagem?

Olá, tudo bem com você? Espero que sim!

Hoje eu vim aqui para falar sobre um dilema que atinge a muitas pessoas, inclusive nós que gostamos muito de viajar. Se você tem um filho, certamente já ficou na dúvida se dava uma viagem incrível ou festa em um buffet infantil ou em qualquer outro lugar para o seu filho. Nós que adoramos viajar não pensaríamos duas vezes antes de escolher a viagem.

Claro, gostamos de conhecer outros lugares, outras culturas, outras línguas, passear, curtir… Mas, acredite se quiser, nem todo mundo é assim. Explico, tenho um amigo, muito bem de vida que ao invés de fazer uma viagem com o filho para comemorar o aniversário de 10 anos do menino, resolveu contratar um buffet infantil em campinas, cidade onde ele mora, e fazer a festa lá. Fez de tudo, contratou personagens vivos no estilo Disney, a melhor decoração, os melhores cardápios e bebidas.

Quando questionei por que ele não levou a família para a Disney ele me explicou que nenhum deles é tão ligado à viagens assim e iria esperar o filho ficar um pouco maior para aproveitar melhor os brinquedos e personagens e a viagem de um modo geral.

O mais curioso é que a mulher dele adorava viajar, e ele mesmo já gostou muito. Se conheceram em uma viagem entre amigos onde foram apresentados, mas acho que de tanto viajarem, foram perdendo o gosto pela coisa.

criança mickey buffet infantil

Mas voltando ao presente de aniversário, vejo duas situações importantes… Realmente é melhor viajar com os filhos quando eles já tem alguma noção do quanto significa aquela viagem e aproveitarem ao máximo, sabendo que talvez não voltem para aquele mesmo destino. Não que não viagem mais, porém, a ideia é conhecer lugares novos, então quando se está no lugar é importante aproveitar ao máximo e as crianças tendem a não dar muita importância a isso.

Nesse caso, fazer uma festa de aniversário seria muito mais interessante, ainda mais sendo em um buffet infantil, pelo fato de já ter inúmeros brinquedos, vídeo game, música, personagens vivos como Mickey, Frozen, e outros personagens de desenho que já fariam a alegria das crianças. Isso sem falar nos doces e salgadinhos, como hot-dog, batata frita, mini pizza e outros… O custo seria bem menor, o cansaço também.

A psicóloga de uma universidade na Rússia deu uma entrevista bem polêmica dizendo que as crianças não devem viajar antes dos 15 anos por alguns motivos. Um deles seria a violência nas cidades e a dificuldade da criança se virar sozinha caso se perdesse. E estando em outro local que não sua cidade natal isso dificultaria ainda mais a solução do caso. Um outro motivo seria justamente ela não saber aproveitar corretamente a estadia no destino. O fato é que para algumas pessoas fazer uma festa de aniversário dá mais trabalho do que viajar. Isso pelo fato de terem que comprar tudo, se preocuparem com o local, data, convites, etc.

Mas e então: Buffet Infantil ou Viagem?

Entretanto há quem diga que não é tão complicado assim. A pessoa pode fazer algo menor e para a família apenas. Pode também fazer apenas uma festa para as crianças com comidas gostosas e algumas brincadeiras para entretê-las. Ou pode terceirizar tudo contratando os serviços de um buffet infantil. Esse meu amigo de Campinas/SP encontrou o buffet para a festa do seu filho e um site chamado Buffet Infantil em Campinas. Esse site apresenta várias opções de buffets infantis na cidade de Campinas-SP. E acho que algumas cidades da região também.

O fato é que certamente existem sites assim na sua cidade que irão ajudar a encontrar um buffet infantil barato e que atenda ao seu gosto e ao gosto do aniversariante, claro.

Mas se mesmo assim você prefira dar uma viagem de presente para o seu filho, pois ele pediu muito, já é maduro e vai saber aproveitar da maneira mais correta possível o presente recebido, então, nesse caso, você vai precisar tomar muito cuidado com uma séria de fatores que podem tornar a viagem maravilhosa ou um verdadeiro desastre.

Procure um lugar que tenha várias atrações próximas e não necessitem muito deslocamento. Lugares onde os pontos turísticos sejam próximos ao hotel e você possa voltar a qualquer momento sem perder o dia todo fazendo o trajeto de volta.

personagens vivos - turma do mickey - buffet infantil campinas

Se for um resort, ótimo, garante que o resort oferece atividades o dia todo e não apenas comida e bebida. Os pais até poderão querer apenas descansar e saborear as diversas guloseimas do local, porém as crianças vão enjoar disso no segundo dia e é muito importante que o resort ofereça várias atividades, acompanhadas por monitores para as crianças se divertirem independentemente de estarem acompanhadas dos pais. Isso vai dar a possibilidade de você descansar e tirar o estresse em alguns momentos.

Como eu disse escolher entre viajar ou fazer uma festa de aniversário em um buffet infantil, é muito particular e vai depender principalmente da energia de quem dá o presente.

Quem prefere viajar, mesmo com filho pequeno e tem pique para acompanhar, ótimo. Quem prefere esperar que o filho esteja um pouco mais velho e se torne um companheiro de viagem, pode alugar um salão de festas, fazer um pique nique ou contratar um buffet infantil para das de presente ao seu filho e enquanto isso economizar dinheiro para a grande viagem daqui a alguns anos.

 

Afinal, tudo tem seu tampo!

Viagens

Porque eu amo viajar!

Olá! Apesar de saber que já existem milhares de blogs pela internet falando de viagens incríveis pelo mundo todo, eu, que sou uma mochileira de carteirinha, resolvi criar aqui uma espécie de blog com a minha visão dos lugares que visitei. Aliás, vou tentar dar dicas aqui não só dos lugares, mas também dos hotéis mais baratos, restaurantes com comidas mais saborosas e até dos aeroportos.

Eu acredito que quanto mais falamos de determinado assunto, mais próximos ficamos dele e no meu caso, mais vezes irei viajar…rs Eu que costumo viajar sozinha, pois consigo ir onde eu quiser quando eu quiser e fazer o que eu quiser. Acho muito complicado encontrar pessoas que gostem das mesmas coisas que eu e no mesmo momento. Então, pra não ter que escolher entre a minha opção e a da outra pessoa eu prefiro ir sozinha mesmo… 😛

Eu estou sempre guardando dinheiro para viajar. Gosto mesmo muito! Nem ligo para compras, roupas, carro…essas coisas. Troco tudo isso por viagens pelo mundo e se eu pudesse, viveria viajando. Apesar de eu já fazer praticamente isso, sempre há espaço para um pouco mais… hahah

Eu acho muito interessante conhecer as culturas de outros povos, outras línguas, respirar novos ares. Encontrar novas pessoas. O bom da viagem é que também passamos a dar mais valor ao que temos, pois afinal, nem tudo são flores e nem tudo é tão belo, por mais que o local que você vai seja um local turístico.

Mas vamos falar do lado bom! É bem verdade que naturalmente, quando viajamos, ficamos mais felizes, aprendemos mais, aprendemos a nos virar, saindo da zona de conforto, principalmente no que diz respeito ao idioma e à comida.

Perdemos também o medo da liberdade. Isso mesmo, viajar nos dá uma sensação de liberdade muito grande e isso é um dos maiores medos dos viajantes inexperientes. EU já tive esse medo e qualquer dia eu escrevo um pouco disso aqui no blog.

Aprendemos as histórias dos lugares, sem muitos intermediários. Vemos pessoalmente os monumentos! Isso é incrível.

Agora veja que fato interessante isso. Uma vez, acho que há uns 5 ou 6 anos, quando eu perguntei para alguns amigos se eles gostavam de viajar e porque, a maioria disse que gostava e comentou que o principal motivo era sair da rotina. Pensei comigo que fazia muito sentido, apesar de não ser o meu principal motivo. Depois perguntei para os que disseram que não gostavam muito de viajar e sabe o que eles disseram? Pasme, mas a resposta de todos foi uma frase praticamente assim: “Viajar muda muito a minha rotina e eu não gosto muito disso”. E o detalhe é que também faz muito sentido. Pelo mesmo motivo algumas pessoas amam e outras odeiam viajar.

Mas como o blog é sobre viagens vamos deixar um pouquinho de lado o papo de não gostar de sair da rotina e focar na liberdade, nos novos ares, novas culturas, novas línguas, enfim tudo que a viagens proporcionam para nós mochileiros assumidos.

Bora procurar experiências únicas por esse mundão afora e registrar aqui no blog. Assim um dia quando eu ficar bem velhinha poderei reviver esses momentos lendo cada artigo aqui do blog e sentir outra vez o gostinho de cada lugar por onde passei.

😉